sexta-feira, outubro 15, 2021
No menu items!
Início Imigração Último ato? Governo Trump pretende atrapalhar imigrantes antes de deixar a Casa...

Último ato? Governo Trump pretende atrapalhar imigrantes antes de deixar a Casa Branca

A administração do ainda presidente, Donald Trump, planeja dificultar o teste para obter a cidadania americana, segundo minuta de memorando do Serviço de Imigração e Cidadania (USCIS, em inglês) obtido pela CNN.

De acordo com este documento, a prova será mais longa e terá mais questões de civismo (20 em vez de 10) e a pontuação será alterada (12/20 em vez de 6/10). Além disso, os oficiais farão todas as 20 perguntas, independentemente de o candidato já ter atingido a pontuação para aprovação.

Eles denunciam um suposto plano contra processos de naturalização. O teste terá mais tópicos sobre emendas constitucionais específicas, alertou a agência no memorando, e um ponto sobre “inovações americanas”, bem como mais questões que levantam mais “por que”, embora o que isso implique não seja claro.

O USCIS se recusou a comentar sobre as mudanças no ponto de venda mencionado. Também não esclareceu quando os lançará. O teste de naturalização é fundamental para quem deseja obter a cidadania.

Por enquanto, o teste é dividido em duas partes: um de inglês e um outro de civismo (governo e história dos EUA).

“Não é sem precedentes mudar as questões. O que me impressiona mais uma vez é o desejo de desacelerar o processo e exigir mais dos imigrantes”, disse Aaron Reichlin-Melnick, assessor político do Conselho de Imigração Americano, um grupo sem fins lucrativos que defende os direitos dos imigrantes.

No ano fiscal de 2019, o escritório de imigração naturalizou 834 mil pessoas, o que é o máximo nos últimos 11 anos, segundo a agência.

Quando a pandemia começou, milhares de pessoas tiveram seus processos de naturalização interrompidos. Por temer a disseminação do coronavírus, o USCIS adiou o trabalho até junho. A partir daí, improvisou soluções que permitiram respeitar a distância social, como cerimônias de naturalização abreviadas e até dentro do carro (estilo drive-thru).

Mas a crise causada pelas restrições impostas pelo governo Trump coloca o processo em risco para 9 milhões de estrangeiros que esperam se tornar americanos, segundo um estudo.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

POPULARES