sexta-feira, outubro 15, 2021
No menu items!
Início Esporte Mesmo com folga na agenda, Galo oscila, peca nas finalizações e vê...

Mesmo com folga na agenda, Galo oscila, peca nas finalizações e vê rivais subirem na tabela

Fora da Copa do Brasil e da Sul-Americana, o Atlético Mineiro concentra todas as suas forças no Brasileirão. Mesmo com a agenda folgada e tempo de treinamento enquanto Flamengo e Inter jogam três competições simultâneas, o Galo oscilou no fim do primeiro turno e viu os dois rivais crescerem na briga pelo título da Série A.

O Galo tem o segundo melhor ataque da competição com 31 gols, atrás apenas do Flamengo, com 32, mas tem o pior aproveitamento dentre os quatro primeiros colocados. O time de Sampaoli precisa de quase 9,9 finalizações para fazer um gol.

O Inter é quem tem o melhor aproveitamento, com 6,6 chutes para cada tento. O Fluminense, com 7,1, e o Flamengo, com 8,1, têm rendimentos melhores que o time de Sampaoli. O levantamento foi feito pelo UOL com dados do Sofascore, site especializado em estatísticas.

O Alvinegro vive seu pior momento na competição. Nos últimos cinco jogos, foram 2 derrotas (Fortaleza e Bahia), dois empates (Fluminense e Sport) e apenas uma vitória, diante do Goiás, com cinco pontos conquistados em 15 disputados. No mesmo período o Colorado fez 13 pontos, e o Rubro-Negro fez 11.

Apesar disso, o Galo pode terminar como campeão simbólico do primeiro turno. Caso vença o jogo atrasado com o Athletico-PR em casa, adiado da sexta rodada e ainda sem data para acontecer, e o Palmeiras, em São Paulo pela 19ª rodada, na próxima segunda-feira, 16h (de Boston), ultrapassa os dois e fica em primeiro independente dos resultados de Flamengo e Inter na última rodada da primeira fase.

Porém, como o São Paulo tem 27 pontos e ainda três jogos para fazer neste turno, e caso vença os seus três compromissos assume a ponta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

POPULARES