segunda-feira, outubro 18, 2021
No menu items!
Início Local Massachusetts pode tornar obrigatória vacinação contra Covid-19 em crianças?

Massachusetts pode tornar obrigatória vacinação contra Covid-19 em crianças?

Conforme o coronavírus ressurge na América, uma vacina contra COVID-19 pode oferecer a melhor esperança para desacelerar a pandemia e manter escolas e empresas abertas. E embora não faltem opiniões quando se trata de vacinas e crianças, uma investigação produzida pelo Canal Fox (Boston) quis saber se uma vacina anti-covid, como a contra a gripe, poderia ser obrigatória para crianças em escolas de Massachusetts.

Em agosto, o governador Charlie Baker determinou a vacina contra a gripe como obrigatória para todas as crianças com mais de 6 meses de idade. Massachusetts se tornou o primeiro estado do país a fazê-lo. A mudança teve como objetivo reduzir as doenças respiratórias, que aumentam nos meses mais frios, e evitar hospitais lotados que lidam com a pandemia. A ordem de saúde pública gerou críticas e uma ação coletiva de pais que afirmam que a ordem é inconstitucional.

Mas, segundo a Fox descobriu, sob o atual estado de emergência, o governador pode “de tempos em tempos emitir recomendações, diretrizes e ordens”, com o objetivo de preparar a população “a fim de responder e mitigar a disseminação de COVID-19 para proteger a saúde e o bem-estar das pessoas”.

Essa declaração poderia permitir que ele venha tornar uma vacina anti-covid obrigatória.

“Dada a autoridade que temos sob a lei estadual, determinamos que crianças e estudantes universitários recebam a vacinação”, disse Baker em setembro sobre o mandato da vacina contra gripe.

De acordo com a lei de imunização de Massachusetts, “nenhuma criança cujos pais ou responsáveis ​​declaram por escrito que a vacinação ou imunização conflita com suas crenças religiosas será obrigada a apresentar o referido atestado médico para ser admitida na escola”, exceto se houver “uma emergência ou epidemia de doença declarada pelo departamento de saúde pública”.

Até este ano, as crianças em idade escolar tinham que ser imunizadas contra difteria, coqueluche, tétano, sarampo e poliomielite, a menos que uma isenção médica ou religiosa seja apresentada. Isenções também são permitidas para a vacina contra a gripe. Um relatório de 2019 descobriu que as isenções religiosas ultrapassaram as médicas nas escolas de Massachusetts.

Cinco empresas estão desenvolvendo vacinas que estão em fase final de testes clínicos – Moderna, Astra Zeneca, Johnson, Merck e Pfizer.

O Dr. David Rosman, radiologista do Mass General Hospital e pai de dois filhos pequenos, está acompanhando de perto as notícias dos julgamentos. Ele está entre os pais que considerariam “absolutamente” dar a vacina COVID-19 a seus filhos “desde que passe pelos canais que está passando agora e seja aprovada por todas as autoridades regulatórias apropriadas”, disse ele à Fox.

Mas uma pesquisa recente da STAT-Harris descobriu que apenas 58% dos americanos afirmam que receberiam a vacina contra o coronavírus assim que ela estivesse disponível.
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

POPULARES