segunda-feira, outubro 18, 2021
No menu items!
Início Imigração Governo Biden concede proteção temporária a imigrantes venezuelanos

Governo Biden concede proteção temporária a imigrantes venezuelanos

O governo do presidente Joe Biden anunciou nesta segunda-feira um decreto para conceder Status de Proteção Temporária (TPS) por um período de 18 meses a cerca de 320 mil venezuelanos que já estão nos EUA. A medida entrará em vigor nesta terça-feira, conforme anunciado por funcionários da Casa Branca.

O objetivo é permitir que venezuelanos que fugiram de seu país permaneçam legalmente nos Estados Unidos. Para serem elegíveis, as pessoas devem comprovar residência. O processo custará US$ 545, e os venezuelanos terão um prazo de 180 dias para se inscrever a partir desta terça-feira.

O governo Biden busca proteger estes imigrantes em função das condições de crise humanitária, com altos índices de insegurança de todos os tipos, na Venezuela.

Durante o anúncio, as autoridades notaram que o governo vai aumentar a pressão por eleições livres na país sul-americano.

Asseguraram que o democrata reconhece o presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, como “presidente legítimo da Venezuela” e destacaram que “sua abordagem à Venezuela foi clara” e que “está comprometido com o multilateralismo para aumentar o consenso internacional em favor da libertação para a Venezuela”.

Há uma semana, o Secretário de Estado, Anthony J. Blinken, conversou com Guaidó e destacou a importância de se retornar à democracia naquele país por meio de eleições livres e justas.  

O programa de Biden marca uma mudança significativa na política dos EUA em relação aos venezuelanos. Durante a maior parte de sua administração, o ex-presidente Donald Trump negou proteção, mesmo quando tentou derrubar o governo de Nicolás Maduro.

Em seu último dia de mandato, Trump emitiu uma ordem executiva adiando a expulsão dos venezuelanos por 18 meses, mas deixando-os no limbo, sem qualquer proteção.

Este é mais um sinal claro da agenda pró-imigrante conduzida pela nova administração federal em seu início de mandato, o que pode levar a uma mudança ainda mais significativa.

A reforma da imigração abrangente prometida por Biden, ainda sem apoio suficiente para ser aprovada na Câmara dos Deputados, é aguardada para ser debatida em abril.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

POPULARES