domingo, outubro 24, 2021
No menu items!
Início Estados Unidos Estudo aponta ganhos "impressionantes" para imigrantes que aprendem inglês

Estudo aponta ganhos “impressionantes” para imigrantes que aprendem inglês

Aprender inglês é uma das habilidades mais valiosas para os imigrantes adquirirem na chegada aos Estados Unidos. E quando se trata de encontrar trabalho e sustentar suas famílias, um estudo inédito em Massachusetts revela o quão valiosa essa habilidade é.

Residentes desempregados com experiência anterior de trabalho nos EUA que se inscreveram em um curso de inglês com foco no emprego aumentaram seus ganhos em uma média de mais de US 7.100 anuais dois anos após o início do programa, em comparação com desempregados que não falam inglês e não participaram do programa.

Entre todos os participantes, incluindo aqueles que começaram com empregos, o aumento médio anual durante o segundo ano foi de mais de US 2.600.

Os resultados são “absolutamente impressionantes”, disse Mark Elliott, presidente da Economic Mobility Corp em Nova York e co-autor do estudo de quase 800 participantes – metade dos quais fez cursos de Inglês para avanço por meio do Serviço Vocacional Judaico de Boston.

“No mundo do desenvolvimento da força de trabalho, isso é como a taxa de eficácia de 95% da vacina COVID”, disse Elliott durante um fórum online apresentando as descobertas na semana passada.

Como no teste de vacina, o estudo distribuiu aleatoriamente os participantes para um grupo experimental e um grupo de controle que não fazia parte do programa JVS. 

Este é o primeiro teste de controle aleatório para estudar os efeitos de um programa de desenvolvimento da força de trabalho em alunos de inglês, de acordo com o relatório, e está entre um pequeno número de tais programas a mostrar uma melhora nos ganhos nesses tipos de testes.

As pessoas no estudo de três anos, que terminou em dezembro do ano passado, tiveram aulas gratuitas em Boston, Lawrence, Lowell e Lynn, que incluíram aconselhamento de carreira e treinamento para entrevistas.

Cerca de um quarto dos participantes estava nos Estados Unidos há menos de um ano e outro quarto estava aqui há mais de uma década. Eles falavam mais de 40 idiomas entre eles, principalmente espanhol.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

POPULARES