quinta-feira, outubro 21, 2021
No menu items!
Início Imigração Democratas querem incluir legalização de certos grupos junto com plano de estímulo...

Democratas querem incluir legalização de certos grupos junto com plano de estímulo econômico

A Casa Branca já lançou o desafio por uma reforma imigratória abrangente. Enquanto ela é discutida no Congresso, uma centena de parlamentares democratas vem estudando alternativas para que uma legalização ocorra mais rapidamente. Uma delas seria aprovar juntamente com o plano de estímulo econômico um caminho para a cidadania de trabalhadores indocumentados considerados essenciais, além de Dreamers e beneficiários do “TPS” (sigla em inglês para quem tem uma proteção temporária nos EUA).

Os legisladores fazem da parte do Hispanic Caucus do Congresso. O Partido pretende apresentar seu projeto de US$ 1,9 trilhão de estímulo à economia em função da pandemia de coronavírus, nesta segunda-feira. Está sendo estudada a possibilidade de exigir o uso do dispositivo de “reconciliação” (um processo legislativo que acelera a aprovação de determinada legislação orçamentária no Senado), passando com uma maioria simples.

Além disso, 10 senadores republicanos apresentaram neste domingo uma contraposição de US$ 600 bilhões e solicitaram uma reunião com o presidente, Joe Biden, para negociá-la.

“À medida que você continua a trabalhar em seu pacote de ajuda COVID-19 e começa a trabalhar em uma recuperação econômica e pacote de empregos, pedimos que inclua um caminho para a cidadania para trabalhadores imigrantes essenciais, Dreamers e beneficiários do TPS também, bem como suas famílias”, escreveu o grupo de democratas em uma carta à presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, e ao presidente do Comitê de Orçamento, John Yarmuth, que foi compartilhada com o site “Politico”.

Recentemente, a vice-presidente Kamala Harris afirmou que o governo Biden se concentrará em reduzir os tempos de espera para obter a cidadania e conceder green cards imediatos aos beneficiários do DACA e imigrantes sem documentos protegidos por outros programas como o TPS.

Para enfrentar essas medidas, Harris disse que o novo governo “tem planos” de apresentar ao Congresso um projeto de reforma da imigração com o qual também pretende fortalecer o quadro de juízes de imigração para agilizar as audiências dos requerentes de asilo.

Mas eles reconheceram que o objetivo principal é o progresso, por isso estão abertos a aprovar partes da reforma gradualmente no Congresso, enquanto pressionam por um grande projeto de lei.

Ativistas de imigrantes têm apoiado o fornecimento de vários caminhos para a reforma da imigração.

O deputado Joaquín Castro, democrata do Texas e ex-presidente do Congressional Hispanic Caucus, está trabalhando em um projeto de lei separado que permitiria que trabalhadores sem documentos essenciais solicitassem o status de residente permanente.

Castro demonstrou otimismo quanto à inclusão da proposta no pacote de estímulo e afirmou ter um plano pronto de legalização destes grupos com direito à cidadania depois de cinco anos.

A proposta de Joe Biden visa legalizar indocumentados que chegaram até 1° de janeiro de 2021, dando direito a um status legal, com green card após cinco anos da regularização e cidadania três anos depois da obtenção da residência permanente. Todos passariam por um processo de checagem de antecedentes criminais, pagamento de impostos e outros requerimentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

POPULARES