sexta-feira, outubro 15, 2021
No menu items!
Início Política Com fiasco no debate presidencial, comissão estuda cortar microfones

Com fiasco no debate presidencial, comissão estuda cortar microfones

A comissão que supervisiona os debates presidenciais dos Estados Unidos disse, nesta quarta-feira, que fará mudanças no formato dos dois debates restantes. A mais importante: cortar os microfones de Donald Trump e Joe Biden, se eles quebrarem as regras, de acordo com uma fonte. Os planos não foram finalizados, e a comissão ainda está considerando como executaria a ideia.

A iniciativa é uma resposta ao confronto de terça-feira entre o presidente e o ex-vice-presidente, em que o candidato democrata sofreu com as inúmeras interrupções frequentes por parte do adversário.

Em um comunicado após o debate em Cleveland, Ohio, o primeiro de três programados para as eleições, a comissão disse que o evento “deixou claro que uma estrutura adicional deve ser adicionada ao formato dos debates restantes para garantir uma discussão mais ordenada das questões”. Para o próximo debate, em Miami, no dia 15 de outubro, haverá apenas 15-20 pessoas na sala fazendo perguntas, em formato de “town hall”.

Tim Murtaugh, diretor de comunicações da campanha de Trump, criticou a comissão pelas medidas a serem tomadas.

“Eles só estão fazendo isso porque o seu cara foi espancado na noite passada”, disse ele em um comunicado. “O presidente Trump era a força dominante e agora Joe Biden está tentando trabalhar os árbitros. Eles não deveriam mover as traves e mudar as regras no meio do jogo”.

Já Kate Bedingfield, vice-gerente de campanha de Biden, disse que o ex-vice-presidente está pronto para o próximo duelo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

POPULARES