sexta-feira, outubro 15, 2021
No menu items!
Início Estados Unidos Coletiva de Trump é interrompida após disparos perto da Casa Branca

Coletiva de Trump é interrompida após disparos perto da Casa Branca

Uma suspeita de tiro do lado de fora da Casa Branca interrompeu a coletiva do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, nesta segunda-feira. Ele havia acabado de começar a falar sobre a situação do coronavírus no país quando um agente do Serviço Secreto se aproximou e lhe pediu que saísse da sala.

O secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, e o diretor do Gabinete Administrativo e de Orçamento, Russ Vought, também foram retirados, e as portas da sala foram trancadas. Os jornalistas permaneceram lá dentro enquanto aguardavam atualizações.

Trump voltou poucos minutos depois. À imprensa, o presidente informou que a situação já está sob controle e que uma pessoa, suspeita de ter disparado o suposto tiro, foi baleada pelo Serviço Secreto e levada para o hospital. Seu estado de saúde ainda é desconhecido.

O presidente também elogiou o serviço de segurança da Casa Branca, que, segundo ele, agiu rápida e corretamente.

“Gostaria de agradecer ao Serviço Secreto por fazer seu trabalho sempre rápido e de forma efetiva, mas houve um tiro e alguém foi levado ao hospital. Não sei sobre as condições [de saúde] da pessoa. Parece que ela foi baleada pelo Serviço Secreto, então vamos ver o que vai acontecer”, disse Trump.

Segundo a CNN, o incidente aconteceu na esquina entre a 17ª Rua e a Avenida Pensilvânia, próximo ao Parque Lafayette.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

POPULARES