domingo, outubro 24, 2021
No menu items!
Início Local Boston ameaça despejar proprietário da Faneuil Hall por atraso de U$ 2...

Boston ameaça despejar proprietário da Faneuil Hall por atraso de U$ 2 milhões

O proprietário do Faneuil Hall Marketplace, em Boston, precisa acertar uma dívida de mais de 2 milhões de dólares em atraso para não ser despejado. A Ashkenazy Acquisition Corporation não paga à cidade desde agosto e agora deve 2,1 milhões, de acordo com um aviso de inadimplência enviado pela Agência de Planejamento e Desenvolvimento de Boston na terça-feira. A empresa tem 10 dias para pagar ou se preparar para sair, de acordo com o BPDA.

“Com base em sua falha em se manter em dia com os (pagamentos) exigidos à cidade de Boston, determinamos que é necessário avançar com um aviso de inadimplência. Como proprietários de terras da propriedade histórica, continuaremos a tomar todas as ações ao nosso alcance para apoiar as pequenas empresas que fazem do Faneuil Hall Marketplace o destino de sucesso e amado que é ”, disse o diretor do BPDA, Brian Golden, em um comunicado.

Boston é dona do Faneuil Hall, mas Ashkenazy atua como proprietário de mais de 40 empresas do mercado sob os termos descritos em um contrato de arrendamento de 99 anos. De acordo com o acordo de décadas, a empresa paga apenas 10 dólares por ano em aluguel e, em vez de impostos sobre a propriedade, paga taxas anuais à cidade com base nas receitas anteriores.

Os restaurantes e lojas de varejo que dependem do turismo dentro do Fanueil Hall foram duramente atingidos pela pandemia do coronavírus, que gerou paralisações de empresas. Mais de um quarto tiveram as portas fechadas no final de agosto, de acordo com a cidade.

Golden disse que a cidade ficou “decepcionada” quando, após meses de negociações com Ashkenazy em apoio aos pequenos negócios locais, a empresa foi “incapaz de fornecer o alívio financeiro necessário para apoiar os comerciantes de Faneuil Hall”.

Além disso, o BPDA descobriu que havia uma garantia colocada na propriedade, o que não é permitido sob os termos de arrendamento que Ashkenazy assinou em 1975 com a antiga Autoridade de Redevelopment de Boston.

A empresa tem 30 dias para retirar o gravame, de acordo com o auto de infração.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

POPULARES