domingo, outubro 24, 2021
No menu items!
Início Estados Unidos Biden revoga medida que liberaria a entrada de brasileiros nos EUA

Biden revoga medida que liberaria a entrada de brasileiros nos EUA

O presidente Joe Biden reinstaurou as restrições de entrada nos EUA para quem não é cidadão americano ou tenha Green Card que chegue de voos do Brasil, Reino Unido, Irlanda e boa parte de países europeus.

Além disso, Biden impôs restrições aos viajantes da África do Sul, onde uma nova cepa de coronavírus surgiu, disseram as autoridades.

A administração Trump suspendeu as restrições de viagem desses países na semana passada, apenas dois dias antes de deixar o poder.

No entanto, a secretária de imprensa, Jen Psaki, esclareceu então que o novo governo não só planejava preservar as limitações à entrada de pessoas de países com alto risco de contágio do COVID-19 e novas cepas do vírus, mas visava aumentar os cuidados sanitários relacionados aos voos internacionais.

As restrições impedem que a medida de Trump passasse a valer a partir desta terça-feira.

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) disse no domingo que a partir de 26 de janeiro não considerará mais exceções à exigência de que os viajantes internacionais apresentem um teste de coronavírus negativo.

As companhias aéreas pediram à agência que relaxasse a regra para alguns países com capacidade limitada de testes.

“Como variantes do vírus SARS-CoV-2 continuam a emergir em países ao redor do mundo, há evidências crescentes de maior transmissibilidade de algumas dessas variantes, bem como implicações desconhecidas para a saúde e vacinas”, respondeu um porta-voz do CDC, em um comunicado.

“Os testes pré e pós-viagem são uma precaução crítica para retardar a introdução e disseminação do COVID-19 e suas variantes emergentes”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

POPULARES